É natural pensar que você deve permanecer em frente ao computador, acorrentado à sua mesa por horas e horas para fazer seu trabalho.

Contudo, a realidade é que se você não fizer intervalos, provavelmente irá diminuir sua produtividade em vez de aumenta-la. Mas ó, olhar o Facebook ou verificar seus emails não contam como “pausas produtivas” viu.

Se você quer mesmo se renergizar durante seu intervalo, desconecte-se por pelo menos 15 minutinhos depois de cada bloco de 60 a 90 minutos de trabalho.

Você não precisa seguir esses tempos à risca, é claro, mas organize seu trabalho em blocos. Sessões de trabalho de 60 a 90 minutos são as mais sensatas pois esse é o tempo durante o qual nosso cérebro pode ficar focado em uma só tarefa.

O Pesquisador Anders Ericsson descobriu que violinistas de elite não passam mais tempo praticando que os outros. Eles praticam de maneira mais inteligente, com 90 minutos de ensaio, seguidos de um intervalo curto e até mesmo cochilos de até 30 minutos durante a tarde.

__________

Se você quiser continuar esse papo e se conectar comigo é só seguir @lab.31, te espero lá.

Robledo Magalhães

Autor Robledo Magalhães

Publicitário, analista de mídias sociais e administrador de formação, com especialização também em processos criativos. Uffa! Criou o LAB31, que funciona como um laboratório de ideias para empoderar as pessoas em seus negócios, ensinando e dando autonomia.

Mais publicações de Robledo Magalhães

Escreva um comentário