Reclamar é sempre uma escolha! Já pensou nisso? Quando propus para as pessoas que me acompanham aqui no LAB embarcar neste desafio comigo e ficar 30 dias sem reclamar, parecia desafiador, mas não imaginava que seria tanto!

Passei por diversas fases: no começo era a negação completa, que com o tempo foi se tornando um policiamento constante, em que nos sentimos mais dono da própria palavra, pensando muito mais antes de dizer qualquer coisa. Assim, aprendi que ao exercitar mais o silêncio, a ansiedade por verbalizar desgostos e indignações vai reduzindo a cada dia! #KeepCalm

Um bom truque que aprender nesses 30 dias, talvez o melhor deles (então preste bem atenção), é ‎substituir a reclamação por uma perguntinha do “por quê”.

EXEMPLO: Lá pelo dia 08 eu estava em um órgão público resolvendo umas pendencias burocráticas e lá estava simplesmente ABAR-RO-TA-DO de gente. DÃN! Mas também era a primeira semana do ano, não seria de outra forma.

Outro fator crucial que identifiquei neste processo é que: Reclamação gera mais reclamação! Passei a perceber que os motoristas desses aplicativos de transporte usam a reclamação, quase sempre do trânsito, para puxar assunto. Um verdadeiro lubrificante social.

Até porquê, reclamar é algo realmente PODEROSO para conectar pessoas, pois quando reclamamos podemos somar nossas insatisfações. O que fiquei pensando muito nestes 30 dias é, então, deixar para reclamar só quando TODA esta energia em potencial for ser usada de forma a gerar boas mudanças.

Como assim? Se você está P* da vida com o fornecedor, pois já é a 5ª vez que ele fura o prazo com você, que tal marcar um café com ele para expor as questões e conversar sobre o processo? Seria melhor que ocupar o café com os amigos, por exemplo, que pobres coitados, não são nosso departamento de ouvidoria particular.

Bom, se você ficou até aqui, eu vou compartilhar com você o que, para mim, foi o melhor retorno de todos desses 30 sem reclamar: Com o passar dos dias inevitavelmente acabamos nos tornando mais proativos.

Sério! Pois ao invés de reclamar que precisa realizar essa ou aquela tarefa, você simplesmente vai lá e faz. No fundo, viver é menos sofrido quando deixamos de reclamar. Para a gente… e para quem está do nosso lado né!

________

Ah! Se você quiser continuar esse papo e se conectar comigo é só seguir @lab.31, te espero lá.

Robledo Magalhães

Autor Robledo Magalhães

Publicitário, analista de mídias sociais e administrador de formação, com especialização também em processos criativos. Uffa! Criou o LAB31, que funciona como um laboratório de ideias para empoderar as pessoas em seus negócios, ensinando e dando autonomia.

Mais publicações de Robledo Magalhães

Escreva um comentário